×
SESC

02 Set 2017 17h27

Alegria Cristã na Casa Espírita

 
 
Que é Arte?
 
- A arte é a mais elevada contemplação espiritual por parte das criaturas. Ela significa a mais profunda exteriorização do ideal, a divina manifestação desse “mais além” que polariza as esperanças da alma.
 
O artista verdadeiro é sempre o “médium” das belezas eternas e o seu trabalho, em todos os tempos, foi tanger as cordas mais vibráteis do sentimento humano, alçando-o da Terra para o Infinito e abrindo, em todos os caminhos, a ânsia dos corações para Deus, nas suas manifestações supremas de beleza, de sabedoria, de paz e de amor.”
 
(Emmanuel - O Consolador)
 
“A beleza é um dos atributos divinos. Deus colocou nos seres e nas coisas esse misterioso encanto que nos atrai, nos seduz, nos cativa e enche a alma de admiração, às vezes de entusiasmo.
 
A arte é a busca, o estudo, a manifestação dessa beleza eterna, da qual aqui na Terra não percebemos senão um reflexo.”
 
(Leon Denis - O Espiritismo na Arte)
 
“Arte é o sentimento das coisas humanas unido ao pressentimento das coisas divinas.”
 
(D’yzarn – Freissinet – “Pensées Guises” in Falando de Arte à Luz do Espiritismo - Therezinha Radetic.)
 
A arte na casa espírita

“O Centro de Espiritismo Evangélico, por mais humilde, é sempre santuário de renovação mental na direção da vida superior. Nenhum de nós que serva, embora com a simples presença, a uma instituição dessa natureza, deve esquecer a dignidade do encargo recebido e a elevação do sacerdócio que nos cabe. (...).
 
Quando se abrem as portas de um templo espírita ou de um santuário doméstico, dedicado ao culto do Evangelho, uma luz divina acende-se nas trevas da ignorância humana a través dos raios benfazejos desse astro de fraternidade e conhecimento, que brilha para o bem da comunidade, os homens que dele se avizinham, ainda que não desejem, caminham, sem perceber, para a vida melhor.”
 
(Emmanuel – Autores Diversos - Educandário de Luz)
 
“A arte bem compreendida é poderoso meio de elevação e renovação. É a fonte das mais puras alegrias; ela embeleza a vida, sustenta e consola nas provas e traça com antecedência para o espírito os caminhos do céu. Quando ela é sustentada, inspirada por uma fé sincera, por um nobre ideal, a arte é sempre uma fonte fecunda da instrução, um meio incomparável de civilização e aperfeiçoamento.”
 
(Leon Denis - O Espiritismo na Arte)
 
“E todos vós que podeis produzir, dai; dai o vosso gênio, dai a vossa inspiração, dai o vosso coração, que Deus abençoará. Poetas, literatos, que não sois lidos senão pelas pessoas da sociedade, satisfazei seus lazeres, mas que o produto de algumas de vossas obras seja consagrado ao alívio dos infelizes; pintores, escultores, artistas de todos os gêneros, que a vossa inteligência venha também em ajuda dos vossos irmãos; com isso não tereis menos glória, mas haverá alguns sofrimentos a menos.
 
Todos vós podeis dar; em qualquer classe que estiverdes, tendes alguma coisa que podeis partilhar; o que quer que seja que Deus vos tenha dado, disso deveis uma parte àquele a quem falta o necessário, porque em seu lugar estaríeis bem contente que um outro dividisse convosco. Vossos tesouros da Terra serão um pouco menores, mas vossos tesouros no céu serão mais abundantes; nele recolhereis ao cêntuplo a que houverdes semeado em benefícios nesse mundo.”
 
(João – O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec)
 
A Arte, quando bem utilizada, pode ser um grandioso instrumento de trabalho, renovação mental e estimulador da fraternidade dentro da Casa Espírita. E, para cuidar do bom e adequado funcionamento das atividades artísticas é que existe a comissão de Alegria Cristã.
 
A Alegria Cristã tem os seguintes objetivos:

· Divulgar a Doutrina Espírita através da Arte Cristianizada;
 
· Estreitar os laços afetivos através da fraternidade legitima;
 
· Promover momentos que dinamizem o entrosamento fraterno, a harmonização, a alegria entre os trabalhadores, sensibilizando-os para a importância do lazer como fonte de integração e apoio vibracional;
 
· Direcionar todas as suas atividades para a Assistência Social.
 
Assim, dentro da Casa Espírita ela é responsável por :

· Desenvolver atividades de entrosamento como: música, jogos, dinâmicas, teatros e outras;
 
· Contribuir eficientemente nas atividades práticas;
 
· Proporcionar a integração dos trabalhadores de diversos locais, estimulando o espírito fraterno e cristão;
 
· Estar sempre em contato com a direção da Casa auxiliando no cumprimento dos horários, harmonização dos ambientes, cartazes, etc.
 
· Estar atenta às solicitações de todos os Institutos já que é uma equipe de apoio.
 
 
Equipes e Atribuições

De acordo com o organograma acima, as atividades Alegria são divididas em equipes com atividades especificas, como:
 
 
Eventos

 
Cuidar da organização das atividades artísticas da Casa Espírita. Atividades como: contatos com grupos artísticos, coreografias, organização geral do cronograma de eventos mensal, semestral ou anual onde ocorrerão apresentações artísticas e onde será necessária a atuação da comissão.
 
Música
 
Está encarregada de:
· Estar presente em todas as atividades do centro onde será necessária a utilização da música para fins diversos;
· Escolher previamente as músicas a serem utilizadas de acordo com a atividade;
· Elaborar hinários;
· Gravar de fitas e cds;
· Atuação direta nos postos de assistência de acordo com a programação destes.
 
Oficinas e Cursos

· Programar oficinas e cursos fixos oferecidos pela comissão e até mesmo escolher do local adequado. Há diversos tipos de oficinas, dentre elas podemos citar: Canto, Técnicas de Violão, Teatro e Treinamento para os Encontros Fraternos, além das atividades fixas da comissão como Coral e Aulas de Violão.
· Selecionar as oficinas;
· Organizar os responsáveis por oficinas;
· Organizar e acompanhar todo o processo das oficinas e cursos fixos.
 
Técnicas e Dinâmicas
 
É reponsável por:
· Jogos (brincadeiras, gincanas, etc.) associados à Comissão de Disciplina;
· Dinâmicas que visem a integrar as pessoas segundo o espírito fraterno;
· Seleção das brincadeiras (confecção de apostilas específicas);
· Treinamento dos membros para organização e execução nas atividades dos Institutos, principalmente no Instituto do Jovem e da Criança;
· Observar local adequado para realização.
 
Secretaria
 
Cuidar...
· da sala da Alegria Cristã e material da Comissão;
· dos contatos com grupos de outras Casas e cidades;
· da ata das reuniões e anotações;
· do Apoio às subcomissões.
 
PERANTE A ARTE

Colaborar na cristianização da arte, sempre que se lhe apresentar ocasião.
A arte deve ser o Belo criando o Bom.
Repelir, sem crítica azeda, as expressões artísticas torturadas que exaltem a
animalidade ou a extravagância.
O trabalho artístico que trai a Natureza nega a si próprio.
Burilar incansavelmente as obras artísticas de qualquer gênero.
Melhoria buscada, perfeição entrevista.
Preferir as composições artísticas de feitura espírita integral, preservando-se a
pureza doutrinária.
A arte enobrecida estende o poder do amor.
Examinar com antecedência as apresentações artísticas para as reuniões festivas
nos arraiais espíritas, dosando-as e localizando-as segundo as condições das assembléias
a que se destinem.
A apresentação artística é como o ensinamento: deve observar condições e lugar.
(André Luiz – Conduta Espírita)