×
SESC

14 Set 2017 10h58

Sobre a tradução de O Evangelho Segundo o Espiritismo – parte 6

Em Maria, o sentimento de amor maternal atinge a mais elevada intensidade



No capítulo 14, item 7, as traduções optam por: a solicitude maternal era, nela, o sentimento dominante. Refere-se à Maria de Nazaré. O adjetivo dominant, traduzido como dominante, o que não está errado, também pode significar culminante, elevado, eminente, alto, superior:

“Dominant, ante (...)3. Qui domina, surplombe, surmonte > culminant, élevé, éminent, haut, supérieur. Ce fort est dans une position dominant.[1]

Assim, vertendo-se dominant por culminant, aquilo que está no cume, no ponto mais alto, na parte mais elevada, tem-se a seguinte proposta: Em Maria, o sentimento de amor maternal atingiu a mais elevada intensidade.

Isso tem a virtude de evitar a interpretação de que o sentimento maternal corpóreo era, em Maria, o sentimento dominante sobre os demais sentimentos de origem espiritual sublime. Interpretação que seria autorizada pelas traduções existentes desse trecho e autorizada pela useira tradução de que Maria não fazia ideia clara da missão de Jesus e que jamais seguira os ensinos dele.



[1] Conferir o verbete em Le Petit Robert.