×
SESC

17 Set 2017 10h54

O Nascimento de Jesus

Autora: Nísia Anália
Personagens: Narrador, José, Maria, dois pastores, três reis Magos, Estrelas, uma mulher, um homem

Cenário: Um pequeno vilarejo e mais ao fundo a representação da estrebaria, onde estará a manjedoura.



Narrador: (Entra cantarolando uma música de Natal) – Meu Deus, que mês lindo!!! Fica sempre algo diferente no ar. Parece que as pessoas ficam mais bondosas, todos querem ajudar... (observa ao seu redor) - Vejam, até as plantas e toda natureza está mais bonita!!! (De repente olha para o público) – Olá, como vão vocês tudo bem? Desculpem-me, estou tão encantado com esse mês que até me esqueci de cumprimentar vocês.

Todos sabem em que mês nós estamos? O que nós comemoramos nesse mês, que é tão especial?

Isso mesmo, estamos no mês de dezembro e nesse mês comemoramos o Natal.

Mas... afinal, o que é o Natal? (aguarda respostas), Natal é o dia que comemoramos o nascimento de nosso maior amigo: JESUS.

Esse foi o dia mais lindo da Terra. Até hoje ainda não tivemos um dia de tanta luz, como foi o dia que Jesus chegou à Terra em forma de criança.

Vamos recordar um pouquinho esse dia? Vou contar para vocês um pedacinho dessa linda história....



(Coloca-se uma música de Natal, por alguns segundos, como elemento de sensibilização para o início da história do nascimento de Jesus)



Narrador: Há muitos e muitos anos, num lugar bem longe, havia um rei chamado Herodes, que governava esse lugar. Certa vez esse rei, ordenou que todas as pessoas fossem para a cidade onde nasceram, para fazer um documento, tipo de certidão de nascimento. Ele queria saber quantas pessoas moravam naquela região.

Numa cidade daquele lugar, chamada Nazaré, morava um casal, ou melhor, um casal especial... bem especial. Os dois eram bem pobres de dinheiro, mas muito ricos de virtudes. Ele se chamava José e ela se chamava Maria. Acontece que esse casal tinha nascido numa cidade chamada Belém!!! Conclusão... José e Maria tiveram que ir lá para Belém... Mas, até aí tudo bem... prestem atenção no fato mais interessante da história desses dois... (Fala como se fosse um segredo) – Maria estava esperando um bebê.... é isso mesmo, um filhinho... e o que é ainda mais importante... já estava quase na época dele nascer. O papai José, ficou preocupado, mas não tinha jeito, eles tinham que ir... E lá se foram...



(Nesse momento, entram José e Maria, como que procurando um lugar para ficar)



Narrador:
Como eles eram muito pobres, não tinha como pagar para ficarem em uma hospedaria. Começaram então, a procurar de porta em porta, um local para ficarem, mesmo porque, já estava quase na hora do neném nascer... Mas, não foi tão fácil assim... Todos os locais já estavam bem lotados...



(Demonstrar algumas cenas de José e Maria batendo às portas, procurando hospedagem)



José: Boa tarde, senhora, estamos há algum tempo procurando um local para passarmos a noite.
Maria: Bondosa irmã, será que a senhora pode nos ajudar?
Mulher: Infelizmente eu não posso ajuda-los. Com licença.
José: Está bem, obrigado.
Narrador: E, José e Maria continuaram a procurar, sempre confiantes em Deus.
José: (Em outra porta) – Boa tarde, será que o senhor poderia nos ajudar? Estamos sem lugar para passarmos a noite.
Homem: Nossas casas estão cheias, será muito difícil encontrarem um lugar para ficarem...
José: Qualquer lugar, meu senhor, minha esposa está esperando um bebê... e já está quase na época dele nascer.
Maria: Poderá até ser esta noite, senhor!
Homem: Olha, aqui perto fica um estábulo, o lugar onde ficam os animais... Quem sabe vocês conseguem passar a noite lá... Amanhã será um novo dia, aí talvez, vocês tenham mais sorte...
Maria: Está ótimo, senhor. Onde fica?



(O homem indicam-lhes, com gestos, o local para onde devem ir)



Narrador: Aquele senhor indica-lhes o caminho. Maria e José, confiantes em Deus, seguem para lá.



(Maria e José saem de cena. Nesse momento, coloca-se no cenário um berço de palha e a representação de uma manjedoura)



Narrador: Mas de repente... nasceu uma criança!!! O Céu se encheu de Luz!!!



(Coloca-se nesse momento uma música de Natal – que fala do nascimento de Jesus. Enquanto a música é tocada, entram alguns meninos, pelo menos dois, representando os pastores e a seguir outra pessoa representando um Estrela)



Narrador: Alguns pastores que trabalhavam, alegremente, ali perto, cuidando com carinho de suas ovelhas, viram, de repente, uma luz imensa se aproximar, na forma de uma linda Estrela. (Eles ficam maravilhados)

Estrela: Não temas, eis que vos trago boa nova de grande alegria. É que hoje vos nasceu na cidade de Belém, o Salvador, que é Cristo, o Senhor!

Narrador: Os pastores, emocionados, seguiram aquela Estrela, e encontraram Maria e José e o lindo bebê deitado numa manjedoura...

Pastores: Glória a Deus nas alturas e paz na Terra entre os homens!!!



(Música: Pastorzinho de Frankilin José Heibulth, ou outra de acordo com o tema. A seguir os pastores vão saindo de cena)



Narrador: Após algum tempo, Jesus recebeu a visita de três Reis Magos, que lhe trouxeram alguns presentes.



(Entram os três Reis Magos)



Rei Mago 1: Senhor, eis o presente que eu lhe trouxe. Este presente é ouro, significando que hoje nasceu o maior tesouro para todos nós e para toda a Terra.
Rei Mago 2: Eu senhor, lhe trouxe o incenso... Um perfume. O Senhor Jesus, é o maior perfume para a Humanidade. O perfume Divino!!!
Rei Mago 3: Eu, Senhor, trago como presente a mirra, pois a mirra é um remédio que serve para curar. O Senhor, Divino Amigo, é o único remédio, capaz de curar todos os nossos males. É o mais poderoso remédio para a Humanidade!!!



(Fundo musical. Os reis magos, se afastam e Maria e José vão se levantando, com o bebê no colo – se possível um neném de verdade, vão entrando também os outros personagens e falam:)



Maria:
E assim nasceu Jesus
José: E no amor cresceu Jesus
Maria: Demonstrando em cada ato
José: A sua imensa Luz!!!
Maria: Era o maior e se fez pequeno
            A todos Ele somente amou,
            Mesmo assim, a humanidade,
            Um dia o crucificou.



José: Porém, mesmo na cruz
           O seu exemplo nos deu,
           Elevando o seu olhar,
           E, dizendo assim a Deus:



Os dois: __”Pai perdoa, eles não sabem o que fazem.

Pastores: Jesus sempre continuará
                  A todos querendo bem,

Estrela: Em seu amor infinito
              Não se esquece de ninguém.

Homem: Que todos nós também,
               Seja criança, jovem ou velho

Mulher: Aprendamos a seguir sempre
              As lições de seu Evangelho.

Reis Magos: Nesse Natal, façamos de nosso coração,
Todos: A manjedoura para Jesus nascer!!!

(Cantam, novamente uma música sobre o Nascimento de Jesus)